Identidade visual: mais do que nunca a marca necessita de uma personalidade

10463932_10152205348265765_3774262820133152880_n

Agora que o conteúdo audiovisual é reconhecido como uma peça essencial numa estratégia de marketing, torna-se cada vez mais complicado conseguir uma identidade própria para as marcas, uma voz que se destaque do resto. A quantidade de aplicações capazes de criar infografias ou fotografias apelativas numa questão de minutos é imensa e não ajuda à diferenciação. Apesar de tudo, fazer a marca destacar-se, continua a ser primordial. Algo que é bem explicado neste post do Content Marketing Institute.

Para uma marca, como para qualquer criador de conteúdos, é importante fabricar uma identidade visual com uma personalidade vincada e diferenciadora. Será a sua voz, o que a define, sendo a melhor forma de atrair visitas e clientes. Não se trata só de fazer logos ou cuidar da uniformidade de estilo nas fotos. Trata-se de captar a essência da marca e transformá-la em peças memoráveis, que chamem a atenção e ocupem um espaço na mente de possíveis clientes.

5258306

Evidentemente, fazê-lo bem implica dedicação e investimento, embora existam atualmente milhões de programas de retoques de imagem e uma ampla variedade de modelos pré-definidos que podem solucionar parte do processo em algum momento.

Não falamos só de inserir o logo numa imagem selecionada ou em filtros, é necessário que as peças audiovisuais tenham personalidade própria e reflitam exatamente o que quer que a sua marca transmita.

6078880_orig

Passamos de seguida algumas ideias que se devem ter tidas em conta:

  • Tentativa e erro. Desenvolver uma identidade visual que funcione só se consegue apresentando distintos modelos ao público, vendo como este responde perante eles e melhorando em função do seu feedback.
  • Marcar um “rumo” de antemão. Criar um estilo que defina os limites da identidade visual da marca para que os outros elementos da mesma equipa possam utilizá-la como manual, de forma a que a mensagem seja sempre uniforme.
  • A identidade visual deve nascer ao mesmo tempo que o plano de conteúdos e quem decide sobre ela deve estar envolvido desde o primeiro momento.
  • Necessidade de um bom criativo. Um designer gráfico que entenda a essência da marca e com quem seja mantida uma comunicação direta. Economiza-se assim tempo e dinheiro.

En Tinkle | Aprendiendo de acciones de marcas en Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*