O caminho para os conteúdos SEO friendly

É o responsável pela geração de conteúdos digitais para o seu negócio ou para o de terceiros? Então o seu objetivo principal é criar conteúdos atrativos sobre o tema em questão. Atrair potenciais clientes, conseguir posicionar-se como expert numa determinada área, ganhar relevância… estes serão alguns dos seus objetivos a atingir.

O SEO é essencial para posicionar os nossos conteúdos nas primeiras páginas de resultados dos motores de busca. O ideal, do ponto de vista do SEO, é gerar conteúdos ricos em palavras-chave, que para além de serem “linkáveis”, possam permitir que as pessoas partilhem dentro dos seus círculos sociais e que posteriormente retribuam com algum tipo de valor acrescentado. O compromisso é fundamental, mas mais importante é conhecer a forma de criar e dominar conteúdos SEO friendly.

O caminho para conteúdos efetivos do ponto de vista do SEO inicia-se com uma questão aplicável a muitas outras áreas: “o que vou escrever hoje?”. O primeiro passo é sempre a estratégia: saber o que procuram as pessoas, em que temática nos queremos centrar, que objetivos temos… enfim, todo o trabalho de campo que precede à elaboração e publicação da informação.

Conseguir um conteúdo atrativo e útil é essencial

Um dos pilares básicos para conteúdos SEO friendly é a capacidade de se criar um bom título (deve ser informativo mas com gancho suficiente que incite à leitura e que seja ao mesmo tempo bem “recebido” pelos motores de busca). Proporcionar conteúdos interessantes, originais, bem escritos e que incluam opinião ou conclusão são condições fundamentais. É importante não replicar informação “vazia de conteúdo”, sob o risco de defraudar os nossos próprios leitores e potenciais clientes.

A estrutura do artigo deve ser básica, não só para manter a atenção do leitor, mas também para conseguir bons resultados em motores de busca. O caos não ajuda. A estrutura, a ordem e a agilidade no desenvolvimento – incluindo o uso inteligente das palavras-chave – permitem que o leitor possa interessar-se e manter-se ao longo de todo o conteúdo. Este é aliás um dos motivos porque o uso de listas e numeração funciona muito bem para captar a atenção do leitor. Este tipo de conteúdos é visto como um ingrediente adicional para conseguir obter uma difusão massiva e proactiva. Listas, infografias, vídeos ou colunas de opinião simples são dos conteúdos mais partilháveis no mundo digital.

O uso de subtítulos é outro recurso que funciona de forma eficaz, não apenas para o leitor, mas também para ser devidamente detetado pelos motores de busca. No primeiro caso, os subtítulos são uma forma de organizar artigos largos. No segundo, são uma vantagem para o SEO, porque normalmente vão formatados com etiquetas HTML fortes, como por exemplo “h2″ ou “h3″.

Finalmente, o segredo para conseguir uma disseminação bem-sucedida dos nossos conteúdos é contar uma história. O storytelling permite criar empatia com os leitores e cada vez mais será o pilar básico das comunicações B2C: não só para gerar conteúdos, mas também para que esses conteúdos se conectem connosco. É igualmente uma ferramenta poderosa para fomentar a content curation, mas sobre este tema falaremos noutra ocasião…

Foto | Christopher.woo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*