O “dream team” do marketing de conteúdos

panorama do marketing online profissionalizou-se nos últimos anos. Qualquer agência, por pequena que seja, é capaz de implementar uma campanha considerada minimamente satisfatória segundo os critérios de avaliação utilizados no passado. Mas a verdade é que a realidade mudou. Apareceram muitas novas agências com propostas de valor diferentes e distintivas. O conhecimento dos clientes evoluiu e o nível de exigência também já não é o mesmo. É por isso relativamente fácil concluir que os antigos critérios de avaliação de uma campanha online já não se aplicam à realidade atual.

Na prática, o conteúdo permanece o aspeto principal da nossa estratégia e, tal como podemos ver na infografia de malhar barai, 90% dos especialistas em SEO continuam a considerar o conteúdo de qualidade como o elemento mais importante de qualquer estratégia de marketing. Mas já não é bem assim.

dream team do marketing de conteúdos já não se caracteriza por um grupo de jornalistas a desenvolver uma estratégia e a produzir bons conteúdos. Da mesma forma que nos mercados offline, não basta apenas ter o melhor produto disponível, na Rede, uma boa estratégia de conteúdos já não é suficiente. Passa a ser necessário combinar os melhores profissionais de várias áreas para encontrar a combinação vencedora. E como seria constituída esta equipa? Vejamos:

– Estrategas de conteúdos: são constituídos por jornalistas com conhecimento de Redes ou especialistas em conteúdos para Social Media e terão a missão de produzir os melhores conteúdos relacionados com o target dos clientes.

– Designers: tal como com os meios tradicionais, a apresentação gráfica da informação requer, por parte dos profissionais, uma capacidade para a tornar mais atrativa e eficaz. Os designers, para além de serem um complemento essencial aos bons redatores de conteúdo, podem contribuir para melhorar a imagem global de todo o conjunto.

– Developers: com o crescente consumo de conteúdos via tablets e smartphones, o papel dos developers na criação de aplicações ou conteúdos especiais vai adquirindo cada vez maior peso.

– Analistas: profissionais capazes de medir e analisar o impacto das estratégias – o que funciona, quando e como. Só assim conseguimos perceber se a campanha realmente produziu efeito.

– Community Managers: contar com Community Managers profissionais, não apenas conhecedores das comunidades, mas sobretudo dos melhores meios para chegar ao seu público, retê-lo, interessá-lo e converte-lo num seguidor do nosso conteúdo.

Não é obrigatório, ainda que possa ser o ideal, que uma equipa seja constituída por estes cinco profissionais especializados. Frequentemente, um mesmo indivíduo pode realizar distintas tarefas. No entanto, é fundamental delinear um plano de ação para cada uma destas cinco áreas. Porque dentro de muito pouco tempo, será o profissionalismo que marcará a diferença entre a crescente concorrência no marketing de conteúdos.

Via | Smart Insights

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*